SINDIJOIAS - APOIANDO, DESENVOLVENDO E PARTICIPANDO!

SIGA-NOS:

  • w-facebook

Sindijoias participa de Plenária na Fiesp

 

Dionísio Gava, vice-presidente da regional de Limeira, na qualidade de Delegado indicado, representou o SINDIJÓIAS na Plenária dos Executivos, promovida na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), no último dia 18 de junho. Mais uma vez a abertura foi feita pelo diretor Paulo Henrique Schoueri que apresentou o resultado da pesquisa realizada na reunião anterior.

 

O primeiro painel contou com a participação de Paulo Arruda e Paulo Taborda, representantes do Senai/Sebrae apresentando uma proposta de Convênio de Atuação Conjunta com frutos operacionais que possam ajudar na competitividade da indústria.

 

Paulo Arruda destacou o contato direto com vários segmentos e como eles podem se beneficiar do convênio Senai/Sebrae. “De uma conversa única conseguimos falar com vários segmentos que trabalham as cadeias produtivas de vários setores do estado de São Paulo, acredito que com essa disponibilidade das ferramentas, das soluções que o Sebrae e o Senai oferecem, as empresas fazendo uso serão mais competitivas”.

 

Paulo Taborda falou da importância de conhecer diversas ferramentas para os associados. “É importante que eles sejam os articuladores para levar os serviços que aqui foram apresentados às empresas, para realmente viabilizar que esse serviço chegue na indústria”.

 

Anicia Pio, representante do DMA foi responsável pelo segundo painel, que falou das compras públicas sustentáveis. “Nesse momento de crise temos que ter muita criatividade para alavancar principalmente, as micro e pequenas empresas. Existe todo um mercado, o próprio poder público está querendo se especializar e é um momento de entrarmos juntos com os setores, colocar para o governo que tipo de critérios poderíamos  trabalhar nessas compras que eles estão chamando de compras públicas sustentáveis”.

 

Guilherme Moreira da Depecon apresentou as perspectivas econômicas para o próximo semestre no terceiro painel. “A indústria está muito fragilizada e o Brasil retornará a taxa de crescimento baseada na produção”.

 

O quarto painel contou com a participação de Marcelo Reis, representante do Dempi que destacou o programa de capacitação que tem parceria com 25 universidades e a Expo Milão. “Expo Milão é uma feira itinerante que acontece a cada 5 anos, a próxima será em Dubai. 150 países colocam stands mostrando a sua situação política econômica, é uma grande exposição mundial em que você tem a oportunidade de fazer negócio com diferentes países”.

 

Alessandra Cristina do Nascimento Mota, representante do Grupo Jurídico Estratégico falou dos projetos prioritários da indústria acompanhados pelo NAL, focando na terceirização e na NR12. “Tentamos destacar esse trabalho em conjunto da Fiesp com os sindicatos e a importância da participação dos sindicatos no processo legislativo”.

 

Por fim, o sexto painel contou com a participação de Marco Vizioli atualizando os dados da indústria no primeiro semestre. “Houve uma redução nas concessões salariais, ou seja, basicamente está ocorrendo um arredondamento da inflação do período, uma inflação que usamos muito em negociação, é medida pelo INPC do IBGE, ou seja, esse arredondamento

já demonstra um encolhimento da economia refletindo nos salários”.

 

A reunião foi encerrada com um Happy Hour promovido pela Cser em conjunto com o Sindinstalação.

Please reload

Posts Em Destaque

Seminário Tributário

1/10
Please reload

Posts Recentes

November 7, 2019

January 7, 2019

December 4, 2018

Please reload

Arquivo