Índice de reajuste dos contratos de aluguel já subiu 6,19% em 2016

O IGP-M (Índice Geral de Preços - Mercado) subiu 0,09% na segunda prévia de agosto, ante avanço de 0,32% na segunda prévia do mesmo índice de julho. A informação foi divulgada nesta sexta-feira, 19, pela FGV (Fundação Getulio Vargas). Com o resultado, o índice, que é usado para reajuste nos contratos de aluguel, acumula aumento de 6,19% no ano e avanço de 11,43% em 12 meses. A FGV informou ainda os resultados dos três indicadores que compõem a segunda prévia do IGP-M de agosto. O Índice de Preços por Atacado (IPA-M) , que representa os preços no atacado, caiu 0,01%, ante a alta de 0,15% na segunda prévia de julho. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC-M), que corresponde à inflação no varej

Temer se reúne em SP com equipe econômica, líderes do governo, Maia e Renan

O presidente interino, Michel Temer, participa hoje (19) à tarde de uma reunião com a equipe econômica e com os líderes do governo no Congresso Nacional, em São Paulo, onde está desde ontem. De acordo com o Planalto, a reunião tratará de questões relativas ao Orçamento e à pauta de votação no Legislativo. O encontro está marcada para as 15h no escritório do Ministério da Fazenda, na Avenida Paulista. A expectativa é de que a reunião conte com a presença dos ministros da Fazenda, Henrique Meirelles; do Planejamento, Dyogo Oliveira; e da Casa Civil, Eliseu Padilha. Também devem participar os líderes do governo no Senado, Aloysio Nunes (PSDB-SP), e na Câmara, André Moura (PSC-SE), além dos pres

Em julho, produção e emprego industrial seguiram em queda, diz CNI

A produção e o número de empregados da indústria continuaram em queda em julho, ao mesmo tempo em que a ociosidade permaneceu elevada, segundo pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgada nesta sexta-feira (19). A chamada "Sondagem Industrial", um levantamento da entidade, foi feita com 2.532 empresas entre 1º e 11 de agosto. Segundo os números, os estoques, porém, estão "ajustados ao nível planejado". De acordo com a CNI, o índice de evolução da produção industrial ficou estável em 46,6 pontos em julho de 2016. Como permanece abaixo dos 50 pontos, indica que a produção caiu na passagem de junho para julho. Já o índice de evolução do número de empregados ficou em 45,1 ponto

Balança comercial tem superávit de US$ 28,2 bi em sete meses

Entre janeiro e julho deste ano, o saldo da balança comercial acumulou um superávit de US$ 28,230 bilhões. O valor é o maior já registrado em toda a série histórica para os primeiros sete meses do ano. O recorde anterior foi registrado em 2006, com um montante de US$ 25 bilhões, segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic). O número foi resultado da diferença entre exportações, que foram de US$ 106,583 bilhões no período, e importações, as quais atingiram US$ 78,353 bilhões. Para o diretor de Estatística e Apoio à Exportação do Mdic, Herlon Brandão, a conjuntura que permitiu o superávit atual é diferente da que havia então. “O saldo comercial recorde de 2016 é fruto

EPE: consumo fica estável em junho e acumula queda de 1,7% no semestre

O consumo nacional de eletricidade na rede registrou estabilidade no mês de junho, com 37.174 GWh, informou a Empresa de Pesquisa Energética (EPE). Com isso, no primeiro semestre, a demanda nacional de energia alcançou 231.502 GWh, queda de 1,7% na comparação com o mesmo período de 2015. A EPE aponta que o contexto político-econômico continua trazendo grande dose de incertezas às análises e projeções do consumo de energia e considera que a queda observada ao longo dos seis primeiros meses do ano é resultado do cenário econômico adverso, da redução do poder aquisitivo, do desemprego e das temperaturas médias mais amenas. Em junho, o consumo das indústrias caiu 3,3%, acumulando um recuo de 5,3

Confiança das micro e pequenas empresas atinge maior nível em 15 meses

O Indicador de Confiança dos micro e pequenos empresários dos segmentos do varejo e de serviços calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) avançou 20,7% em julho, na comparação com o mesmo mês em 2015, de 37,06 para 44,72 pontos. É o melhor nível em 15 meses, puxado pela melhora das expectativas. Na comparação com junho, quando o indicador estava em 42,93 pontos, o crescimento foi de 4,2%. Apesar da melhora, a maior parte dos entrevistados ainda avalia que as condições gerais da economia e de seus negócios pioraram no último semestre, uma vez que o indicador segue abaixo do nível neutro de 50 pontos. A esca

Posts Recentes
Posts Em Destaque
Arquivo

 SINDIJOIAS - APOIANDO, DESENVOLVENDO E PARTICIPANDO!

SIGA-NOS:

  • w-facebook