Calote de empresas aumenta 12,34% em junho em relação a mesmo mês de 2015

A inadimplência das empresas aumentou 12,34% em junho em comparação com o mesmo mês do ano passado. Os dados do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) se referem ao número de empresas devedoras em quatro regiões pesquisadas — Centro-Oeste, Norte, Nordeste e Sul. A região Sudeste não foi considerada devido à Lei Estadual nº 15.659 que vigora no Estado de São Paulo e dificulta a negativação de pessoas físicas e jurídicas no Estado, informou o SPC Brasil. Entre as quatro regiões analisadas, o Nordeste foi a que apresentou a maior variação do número de empresas com o CNPJ registrado nas listas de negativados: um avanço anual de 14,31%

Reforma da previdência já está sendo conduzida e passa por diálogo, diz Caetano

O secretário da Previdência Social do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, afirmou que a reforma da previdência passa por um processo de diálogo com a sociedade, que já estaria sendo conduzido pelo atual governo do presidente interino Michel Temer. "É uma reforma que tem uma economia política por trás, uma ciência política, e, em função disso, é importante que antes que se venha apresentar a reforma, ela passe por um processo de diálogo com a sociedade. Isso tem sido feito com representantes da Casa Civil, de trabalhadores, da sociedade como um todo", declarou Caetano, em seminário promovido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), na sede da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan)

Confiança do consumidor aumenta pelo terceiro mês seguido, aponta FGV

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da Fundação Getulio Vargas (FGV) subiu pelo terceiro mês consecutivo em julho, mais uma vez puxado mais pela melhora das expectativas do que pela percepção sobre a situação atual. O ICC aumentou 5,4 pontos neste mês, para 76,7 pontos. Em abril, o indicador tinha registrado o menor nível de sua série histórica. Na comparação com julho de 2015, houve alta de 6,7 pontos, a segunda consecutiva neste tipo de confronto. "A alta da confiança do consumidor nos três últimos meses foi quase inteiramente determinada pela melhora das expectativas, um descolamento aparentemente iniciado durante o desfecho da primeira fase do processo de impeachment. A rápida me

Dívida Pública Federal sobe 2,77% e chega a R$ 2,958 trilhões

Dívida Pública Federal (DPF) apresentou aumento, em termos nominais, de 2,77%, em junho na comparação com maio, ao passar de R$ 2,878 trilhões para R$ 2,958 trilhões. Os dados, que incluem o endividamento interno e externo, foram divulgados hoje (25) pelo Tesouro Nacional. O endividamento do Tesouro pode ocorrer por meio da oferta de títulos públicos em leilões, pela internet (Tesouro Direto) ou pela emissão direta. Outro fator de elevação pode ocorrer em razão da assinatura de contratos de empréstimo. Em junho, as emissões da DPF corresponderam a R$ 64,18 bilhões, enquanto os resgates alcançaram R$ 3,07 bilhões, resultando em emissão líquida de R$ 61,11 bilhões. "Foi a maior emissão líquida

Mercado financeiro reduz de 7,26% para 7,21% projeção da inflação em 2016

Instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) ajustaram a projeção para a inflação - medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) - de 7,26% para 7,21%, este ano. Para 2017, a projeção foi alterada de 5,30% para 5,29%. As estimativas fazem parte do boletim Focus, uma publicação elaborada todas as semanas pelo BC, com projeções para os principais indicadores econômicos. As estimativas para os dois anos estão acima do centro da meta de inflação, de 4,5%, que tem que ser perseguida pelo BC. A projeção para este ano também supera o limite superior da meta: 6,5%. Em 2017, o máximo que a inflação pode chegar é 6%, de acordo com a meta estabelecida pelo Conselho M

Rio 2016 deve gerar receitas de R$ 2,7 bi

Estudo feito pela Confederação Nacional de Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aponta que a Olimpíada e a Paralimpíada deverão gerar receitas de R$ 2,68 bilhões ao setor turístico do Estado do Rio de Janeiro entre os meses de agosto e setembro. O resultado representa um avanço nominal de 18,8% em relação ao mesmo período do ano passado. Em agosto, 909,4 mil turistas devem visitar o Estado (666,3 mil brasileiros e 243,1 mil estrangeiros), gerando R$ 1,77 bilhão em receitas. Já a Paralimpíada deve receber 468,5 mil turistas, produzindo um faturamento de R$ 912,4 milhões. A CNC estima que os turistas estrangeiros devem deixar no País US$ 1,04 bilhão, o que corresponde a uma média de US$

Acordo aumenta exportações para a União Europeia em R$ 250 milhões por ano

O Brasil poderá exportar R$ 250 milhões a mais por ano para a União Europeia (UE). Um acordo assinado na Organização Mundial do Comércio (OMC) na semana passada permite a ampliação das vendas de alguns produtos agrícolas e animais para o bloco econômico. As negociações duraram três anos e foram iniciadas após a entrada da Croácia na UE, em julho de 2013. O acordo estabelece o aumento das quotas de importação de açúcar e de carnes de frango e de peru que entram no bloco econômico com tarifa reduzida. No caso do setor sucroalcooleiro, além de elevar a quota de importação com tarifa reduzida em 114 mil toneladas de açúcar por ano, o Brasil poderá exportar o produto com tarifas mais baixas que a

IBPT projeta perda de postos de trabalho com reforma do PIS/Cofins

A possível mudança na cobrança do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) irá gerar o desemprego de cerca de duas milhões de pessoas em um período de um ano no setor de serviços do país, segundo estimativa do presidente do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), Gilberto Luiz do Amaral. A proposta de unificação do PIS e da Cofins vem sendo discutida desde o primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff, mas ainda não foi enviada ao Congresso Nacional. A estimativa de entidades empresariais é que, se implementada, gere um aumento na carga tributária, principalmente no setor de serviços, segmento que representa

Junho tem superávit de US$ 3,974 bilhões na balança comercial

Dados recém divulgados pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), apontam para um superávit de US$ 3,974 bilhões na balança comercial de junho. A balança comercial é a diferença entre exportações e importações. No acumulado para o primeiro semestre do ano, o resultado atingiu US$ 23,63 bilhões, ou seja, o melhor resultado da série histórica. Como havia sido registrado nos últimos meses, ocorreu maior queda nas importações do que nas exportações, que vem possibilitando uma significativa melhora na balança comercial brasileira. Em termos de volume exportado, o Brasil tem tido bom desempenho desde o ano passado. Já em valor, o país tem exportado menos, sobretudo devido à

Mercado financeiro reduz estimativa de inflação para 2016 e 2017

Os economistas do mercado financeiro reduziram sua expectativa de inflação para este ano e para 2017, ao mesmo tempo em que também passaram a estimar uma contração menor do Produto Interno Bruto (PIB) em 2016. As previsões foram coletadas pelo Banco Central na semana passada e divulgadas nesta segunda-feira (4), por meio do relatório de mercado, também conhecido como Focus. Mais de 100 instituições financeiras foram ouvidas. A previsão do mercado para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deste ano recuou de 7,29% para 7,27% na semana passada. Com isso, interrompeu uma sequência de seis altas seguidas. A estimativa permanece acima do teto de 6,5% do sistema de metas e bem di

Posts Recentes
Posts Em Destaque
Arquivo

 SINDIJOIAS - APOIANDO, DESENVOLVENDO E PARTICIPANDO!

SIGA-NOS:

  • w-facebook